O ultimo passeio da Green Point Kawasaki no ano de 2015 foi com a temperatura relativamente alta mesmo para a região serrana do RS, mas isso não tirou o brilho da rota e o prazer de rodar entre os parreirais de Otávio Rocha, distrito de Flores da Cunha/RS.
De Flores da Cunha até o distrito são 12 km de belas curvas e vales até onde a visão alcança, parreirais.
Pena mesmo é não estarmos na época da colheita pois ainda faltam alguns dias, normalmente começam na segunda quinzena de dezembro.

Teríamos a oportunidade de rodar com o perfume inebriante que exala das uvas sempre nestas épocas na região.
 Otávio Rocha se dedica com destaque a produção de uvas no cenário gaúcho e para os observadores, curtir as parreiras mostrarem a passagem das quatro estações fazendo com que suas cores mudem surgindo uma nova fotografia dos vales é um convite a mais para percorrer a região.

No único restaurante aberto na cidade já nos esperavam para o almoço com alguns pratos típicos da região e após nos dirigimos a Cascata da Gruta e seu Parque.

Com certo excesso de peso na motos pelos bifes e queijos consumidos relaxamos por algum tempo no parque e fomos em frente.

Típico da estação, algumas pequenas pancadas de chuva até Farroupilha/RS e por fim pegamos a VRS 313 e seu asfalto que deixa um pouco a desejar desde a ultima vez que tinha passado pela região.
Parada estratégica na Estação Café Blauth para uma relaxada, mas que estava fechado.
Haveria show de blues à noite e estavam em pleno preparativo para a festa, mas nosso caso era só relaxar, então gentilmente nos atenderam.
Mas como a proposta do dia era rodar por estradas secundárias e tranqüilas, continuamos até Carlos Barbosa, Montenegro e por fim, Porto Alegre/RS.

O saldo do dia foi excelente para um pouco mais de 340 km rodados.









Novos roteiros para 2016 já estão sendo preparados e desconhecidos da grande maioria, procurando sempre cultivar os belos cenários do Rio Grande do Sul.
Até o próximo destino.

Por Jerre Rocha

Deixe uma resposta