O Sobrado que desponta já na porteira de entrada mostra toda sua imponência mesmo nos dias atuais fazendo jus a toda a sua grandeza que foi na História do Rio Grande do Sul.

Desde quartel general de Bento Gonçalves a apoio logístico para Garibaldi e até mesmo hospedagem a Princesa Isabel este sobrado viu muitos fatos históricos transcorrerem em suas cercanias.
Mas ali houve romances também.
Desde os namoros de Giuseppe Garibaldi e vocês irão se recordar também do Romance “A Casa das sete mulheres”, seriado produzido pela Rede Globo adaptado da obra de Letícia Wierzchowski.
Esta é a região que realmente aconteceram os fatos.
Ana Joaquina Gonçalves da Silva Santos (Donana) realmente existiu e percorrer este casarão, ouvir os fatos da história relatados por Ivany Serpa e seus filhos com certeza acrescerá muito a você sobre nossa história.


O pé direito alto, paredes, os vidros das janelas e seus móveis remontam uma época aurea dos charqueadores e todo retorno financeiro que tiveram.
Poderá entender as diferenças entre a minissérie, o romance e os acontecimentos, podemos comentar também sobre a parte geográfica dos fatos,  que se passam na região de Camaquã e Cristal no Rio Grande do Sul até as linhas fronteiriças do Uruguai.
No ano de 2007 foi comemorado o Bicentenário do nascimento de Giuseppe Garibaldi e São Lourenço do Sul/RS foi uma das cidades escolhidas pelo Governo da Itália, pelo fato de manter a história viva através da Fazenda do Sobrado e dentro das homenagens, contou com presenças importantes como da tataraneta de Anita Garibaldi e comitiva da Itália, além de encenações com grupo teatral sobre os transcorridos no local.
O Sobrado está ligado a história de São Lourenço do Sul/RS, assim como o Caminho Pomerano, rota turística recém percorrida. Encontraremos os restos mortais de “Donana” no Distrito de Boqueirão, região onde nasceu a cidade.
Por estar a apenas 200 km de Porto Alegre/RS é uma ótima opção para final de semana fazer uma visitação.
O acesso é fácil. Ficando ao lado do Camping Municipal e bastando perguntar aos locais que lhe indicam, além das placas indicativas.
Por Jerre Rocha

Deixe uma resposta